fbpx

Não sofra sozinha. Experiências provam que o apoio de outras mulheres em época de pandemia tem sido a solução.

É assim que você está se sentindo? Apesar da dificuldade do momento, segundo experiências o apoio entre mulheres esta diminuindo a dificuldade que passamos.


0
Apoio-de-outras-mulheres-mulheres-que-criam-filhos-sozinhas.jpg

A pandemia do novo coronavírus mudou a vida das pessoas. Principalmente de mulheres que criam filhos sozinhas. Mas a mudança, infelizmente, não foi para melhor.

Com a necessidade do isolamento social, elas se viram sozinhas, sem renda, sem ajuda e com filhos para criar. A dificuldade as colocou em uma situação de desespero, com uma pergunta que as acompanha a cada dia: o que farei agora?

É assim que você está se sentindo? Saiba que apesar da dificuldade do momento, é possível diminuir a sua dor. Por isso, não sofra sozinha. Experiências estão mostrando que o apoio entre mulheres pode diminuir a dificuldade neste momento.

O Auxílio Emergencial para mães solteiras

Além do apoio entre mulheres, o governo federal também está procurando ajudar quem mais precisa neste momento, e por isso criou o auxílio emergencial.

Este benefício é voltado para profissionais informais, autônomos e microempreendedores individuais (MEIs) que se viram sem renda da noite para o dia. Mulheres solteiras, chefes de família que se enquadram neste perfil, podem receber o benefício em dobro.

O valor do auxílio é de R$ 600,00, no entanto mulheres chefes de família podem receber cota dobrada do benefício, ou seja, R$ 1.200,00.

De acordo com dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) cerca de 45% dos lares do país são chefiados por mulheres. Isso representa aproximadamente 30 milhões de brasileiras, que ganham em média 20% a menos que os homens no mercado de trabalho.

Além disso, apesar do auxílio emergencial ser uma boa ajuda para tempos tão incertos, o benefício está demorando para ser aprovado. E as contas… Ah! Elas não esperam, não é mesmo? É o mercado que precisa ser pago, a conta de luz, a água, o aluguel.

São tantas contas que infelizmente, mulheres guerreiras, estão passando noites em claro, procurando alguma solução para driblar mais esta dificuldade.

Apoio de outras mulheres e novas iniciativas

Para conseguir superar este momento, iniciativas de apoio entre mulheres é o que não faltam. No Facebook há um grupo chamado Boleto+1, que é uma iniciativa de mulheres dispostas a ajudar quem está sofrendo com a falta de trabalho durante a pandemia.

A iniciativa nasceu quando Janaína Kremer, professora universitária, revelou que queria criar uma rede de suporte para mulheres nesta fase de isolamento. Lívia Pasqual, sua amiga de 35 anos, abraçou a causa, e juntas colocaram no ar o grupo Boleto+1.

Essa iniciativa deu voz às mulheres nesse momento de isolamento. Lá elas podem se ajudar, contar as suas experiências, e melhorar não só a questão financeira como também o psicológico nesta hora. É por isso que o apoio de outras mulheres é tão importante!

Em uma semana, o grupo já contava com aproximadamente 20 mil mulheres. Os relatos se multiplicam, o sofrimento se divide, e assim, juntas elas vão superando a dificuldade de um momento tão incerto.

Gostou de saber mais sobre como o apoio de outras mulheres é importante neste momento? Então compartilhe esta notícia com as suas amigas nas redes sociais!


Gostou do artigo? Compartilhe com seus amigos!

0
Ana Cláudia Bitencourt
Sou Ana Cláudia Bitencourt. Aprendi que ser uma mulher empreendedora não é algo fácil. Para superar e vencer criei uma metodologia própria da qual dei o nome de Método 5 a´s.